segunda-feira, 27 de maio de 2013

Cabelos Cacheados: Manual da Usuária

Eu sou cacheada desde criança, aquele cachinho bem fechado, mas do tipo que se desfaz facilmente depois de uma noite deitada no travesseiro. Passei boa parte da vida sofrendo vários preconceitos e não tendo as dicas certas para cuidar bem, e sei que não fui a única a passar por isso. Nesse processo, nós acabamos perdendo um bom tempo usando-os presos, testando produtos que nem sempre dão certo e não os tratando da forma 100% correta, além de acabar valorizando mais intervenções químicas, como o alisamento.

Eu ainda acho cabelos lisos lindos, e tenho grande vontade de alisá-los novamente, porém são procedimentos caros e que em muitos casos nunca duram tanto tempo como foram prometidos, e isso é decepcionante, como se fosse uma Cinderela no final do baile virando abóbora, rs. Tenho quase certeza que um dia vou voltar a ter cabelos lisos, de um jeito ou de outro, até porque sou geminiana e adoro mudar de visual sempre, mas nesse momento  vou aproveitar para compartilhar com vocês teorias que desenvolvi na prática, testando em mim mesma; vamos ver dicas fáceis para cuidarmos melhor e com muito carinho de nossos cachos!

Passo 1 - Entendendo a estrutura do fio


O cabelo cacheado é um tipo de fio que é naturalmente propenso a ser poroso e quebrar com facilidade pois para sustentar as curvas, tem de ser grosso, e isso faz com que ele seja mais sensível a intervenções externas como químicas, produtos de tratamento e cuidados permanentes além de objetos simples do dia a dia como pentes e escovas (que inicialmente parecem inofensivos, mas vamos entender o porque não são mais a frente), pois suas escamas se abrem com mais facilidade. Além de tudo tende a ser mais oleoso na raiz e seco nas pontas pois a oleosidade natural do couro cabeludo (sim, temos uma oleosidade natural para, em tese, manter o cabelo saudável, mas com a ação conjunta de outros produtos e hábitos do dia a dia, isso pode aumentar e gerar probleminhas tão incômodos porém comuns como caspa, por ex.) não consegue "descer" pelos cachos até as pontas, por isso precisamos ter tantos cuidados ao escolher e usar produtos, mesmo os que são adequados para nosso tipo de cabelo.






Passo 2 - Lavando corretamente!

Chegamos numa hora importante e controversa para muitas pessoas, a lavagem. Tem gente que lava demais, de menos, e acaba sempre com cabelos mal tratados, e a resposta nesse caso é uma só: cabelos cacheados NUNCA devem ser lavados mais do que 2 vezes por SEMANA (três no máximo, se estiver aquele verão de 40 graus! rs), e mesmo assim deve haver um espaço de tempo entre uma e outra. Porque? Por que ao lavar você retira a proteção natural para que ele se abra a uma nova química que vai agir e (supostamente) trazer efeitos e melhorias. Se fizer isso mais do que 2 ou 3 vezes, não dará tempo para que os princípios ativos de cada uma ajam corretamente a longo prazo (como hidratações, por ex.), o cabelo não reterá os nutrientes necessários, ficará com as escamas abertas e provavelmente ressecará, ficando fraco ou até mesmo caindo.







A primeira coisa que você deve ter em mente durante todo o ano é: Não vou usar água quente em hipótese alguma, mesmo que esteja aquele frio de cortar! rs, Estou rindo mas é sério, você NÃO PODE FAZER ESSE ATENTADO CAPILAR CONTRA SI MESMA! Nesse post aqui, falei sobre como fazer uma boa hidratação independente do tipo de cabelo, e a regra é clara, a água quente abre demais as escamas, agride, não faz bem a ninguém, isso vai acabar com os seus cabelos, ainda mais sendo cacheados. O correto é água morna para abrir as escamas na hora de receber shampoo e máscara hidratante, depois água quase fria para retirar os dois produtos e por fim aplicar o condicionador que fecha as escamas e dá o toque macio que você precisa pré creme de pentear. E não adianta ter preguiça, ao lavar, HIDRATAÇÃO SEMPRE! O cacho para se manter firme e bonito, de toque macio e aparência brilhosa e com o menos de Frizz possível precisa estar sempre hidratado na medida certa, isso é, sem pesar, o que gera oleosidade.

Passo 3 - Secando e mantendo bonito

Depois de lavar, nada melhor do que ver os cachos arrumados e definidos, não é mesmo? Para obter esse resultado, comece a prestar atenção na forma como os seca ainda com a toalha. Nada de esfregar como se estivesse tirando gordura do fogão, isso é o seu cabelo lindo e maravilhoso que vai emoldurar seu rosto, rs, o segredo é secar com delicadeza, massageando, mas tirando toda a água, sem torcer ou fazer aquele clássico "turbante" de toalha. O importante aqui é deixá-lo molhado porém sem excesso de água, aquela coisa pingando, se precisar usar mais de uma toalha, não hesite, comece de baixo para cima, em direção a raiz. Depois, aplique o creme de pentear ou leave-in em cada mecha, enluvando (isso é, passando com as duas mãos por cima e por baixo, como quem veste uma luva mesmo, dai vem o termo). Ajeite o penteado como quiser inicialmente com as mãos, mas nada de prender (cabelo molhado preso quebra, fica fraco e pode até apodrecer se você fizer isso todos os dias por muito tempo), se achar que algum fio ficou para cima, junto demais ou de alguma forma mal arrumado, use um pente de dentes largos para ajeitar a parte em questão. Passe o reparador de pontas e um pouquinho de silicone na parte de cima se quiser, para abaixar os futuros fiozinhos que podem vir a ficar ao secar, se quiser acelerar esse processo, use um secador com difusor ou a mais ou menos 3 dedos de distância do cabelo, sempre o "amassando" de baixo para cima com as mãos. Claro que não se deve usar secador todas as vezes, mas no inverno, em situações de pressa ou ainda se arrumando para festas e afins, está liberado! ;)

Por fim, cuidem bem de seus cabelos e se quiserem mandar dicas, acessem o Facebook!

Beijo

Fab

Nenhum comentário: