segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Hidratando os cabelos facilmente em casa!


Nada melhor do que cabelos macios e limpos, não é mesmo? Eles brilham naturalmente, ficam com balanço e dá gosto deixá-los soltos, num penteado ou a mostra num lindo corte, mas, afinal, como obter esses resultados todas as semanas do mês, independente de ir ao salão? Fácil! Basta HIDRATAR pelo menos uma vez na semana (Para cabelos cacheados, recomendo duas, a cada 3 dias, em médía) EM CASA!

Dai você me perguntará: "Mas como fazer bem feito?" Basta seguir essas dicas simples:

1 - Escolhendo seus produtos
Para uma boa hidratação, você precisará de um bom creme (daqueles de potes, existem infinitas marcas para todos os gostos e bolsos, eu particularmente uso Pantene a um bom tempo e adoro), e ampolas de hidratação (Pode ser de Vitaminas A, E, Queratina, vai de acordo com a necessidade dos seus cabelos naquele momento. Outra coisa importante é ler no rótulo o princípio ativo do creme, exemplo: não use ampola de Karité num creme que seja ou leve um percentual de manteiga de Karité no mesmo.)! Ah, e uma touca, mas esse é opcional, falaremos logo sobre isso.

2 - Lavando os cabelos

Lave-os sempre com água morna no primeiro e segundo enxágue, antes do creme, isso é muito importante pois, a água quente danifica os cabelos, e a fria fecha as escamas do fio, então a água morna é a ideal pois não agride e as abre de forma suficiente para receber a hidratação.

3 - Enfim, hidratação!

Aqui vem a parte mais importante, aonde você decidirá se prefere fazer algo mais rápido, no banho mesmo, ou levar mais tempo com touca (de alumínio ou plástica, mas com toalha morna dentro!). Vamos analisar os dois casos:

Caso A - No banho:

Enluve mecha a mecha , passando entre os dedos rapidamente, com as porções de creme, se puder, deixe-o para cima e espere o tempo mínimo recomendado pelo fabricante (geralmente de 3 a 5 minutos), mas, se estiver com paciência, continue o banho tomando cuidado para não molhar o cabelo nesse tempo e deixe até 10 minutos, no máximo. Depois enxágue bem e use o condicionador e jogue um jato de agua fria para finalizar (explico isso daqui a pouco).


Caso B - Fora do banho:

Faça o mesmo processo descrito acima sobre a aplicação do creme, porém coloque uma touca de alumínio ou plástica, mas se possível, com uma toalha molhada em água morna envolvendo seu cabelo antes de colocar a mesma. O porque disso? Simples, o calor ajudará a fixar melhor os ativos do creme, em ambos os casos. Alumínio retém calor, e a toalha morna pode ajudar igualmente, na falta da primeira opção. O tempo? Nesse caso, fique de 15 a 30 minutos, dependendo de como seu cabelo esteja (com químicas, danificado, etc), mas geralmente não adianta passar desse tempo pois depois o fio para de absorver os nutrientes e princípios ativos do produto, e então você só estará entupindo os poros do couro cabeludo com oleosidade (o que gera caspas, por exemplo). Depois lave com água morna para fria, ou fria para retirar todo o creme e faça o mesmo processo final sugerido acima.

4 - Porque passar o condicionador depois da hidratação?

Porque poucos sabem, mas o condionador é um finalizador, serve para fechar as escamas do fio, para que assim ele possa reter os nutrientes obtidos no shampoo, porém no processo de hidratação, a última coisa que queremos são fios fechados para receber o produto, certo? Experimente isso na próxima hidratação e depois me conte como seu cabelo ficou mais lindo do que nunca! ;)

5 - Porque usar um jato de água fria após remover o creme e o condicionador?

Porque a água fria resolve e finaliza de fato esse processo de fechamento das escamas do fio, ajudando a dar mais brilho e leveza aos seus cabelos! Ah, e se puder, use água mineral no último enxágue, fará milagres!

6 - Como secar sem agredir os fios?

Use uma toalha seca e macia, seque massageando desde o couro cabeludo até o fim do fio, sem pressa, retirando toda a água. Nada de cabelo pingando, torcê-los ou fazer aquele "turbante" com a toalha, isso só serve para quebrar os fios, deixá-los frágeis e suscetíveis a queda. Depois, passe um protetor anti calor e escolha a secagem final (secador com ou sem chapinha/babyliss), ou ainda use uma mousse ou leave-in, no caso de cabelos cacheados, e escolha se quer deixar secar ao natural ou com o difusor. Também vale silicone para abaixar os fiozinhos mais rebeldes (frizz), principalmente no topo da cabeça, e um bom reparador de pontas! Se ainda for o caso de um cabelo curto com um penteado que precise de fixação, seque como escova ou só jato frio e passe depois a mousse/gel/cera/pomada e o spray fixador.



















Enfim, fico por aqui, espero que você possa colocar em prática essas dicas o mais breve possível! Se quiser, me conta ou manda uma foto pelo FACEBOOK!

Um Beijo,

Fab

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Fazendo sua cabeça com cabelos curtos!


Em camadas, com a franja repicada e assimétrica, com volume no topo da cabeça, liso, alisado, enrolado, cacheado...Ufa, são tantas formas de se descrever um cabelo curto, mas hoje estou aqui para falar um pouco mais sobre cabelos curtos e tipos de fio!

Particularmente falando, sou uma fã dos cabelos curtos, já os usei de várias formas, mas a mais de 7 anos que os uso mais para curtos, desde o "joãozinho" até o "long bob". Uma verdade é que cabelos curtos são sempre pensados para fios lisos, mas existe sim a hipótese de usá-los em fios cacheados e afros, porém por questão de controle do volume, acaba sendo mais fácil usar os mesmos num comprimento médio, pelo menos até abaixo das orelhas, por exemplo.

Cabelos curtos são mais fáceis de serem cuidados, mas precisam receber atenção em alguns detalhes do dia a dia. Por serem mais próximos a cabeça, despenteiam menos, mas quando você acaba de acordar, pode precisar escová-los, passar chapinha ou leave-in/mousse para controlar volume e deixá-los no lugar, por exemplo.

Para mantê-lo bonito, é sempre bom reparar quanto tempo leva para crescer para poder voltar ao salão e manter o corte como no dia em que você fez! Ah, e hidratar toda semana em casa e se possível uma vez ao mes com um profissional fará toda a diferença para a saúde e brilho, porque devido ao comprimento, estão sempre crescendo e se renovando. 

Quando quiser ir a uma ocasião especial, basta ter criatividade e acessórios, como tiaras, presilhas e até mesmo um bom spray fixador para mudar (e sustentar sem desmontar por algumas horas) o visual. Se você for do time das cacheadas/afro, muitas vezes uma escova com chapinha já te deixará com uma cara nova!

(Créditos Fotos: Site Revista Claudia)

Cuidados a parte, é claro que muitas pessoas ficam com questões como "Será que as pessoas vão continuar me achando atraente com cabelos curtos?", e até entendo tal insegurança, devido a vivermos num país aonde (ainda) a cultura da maioria é: "mulheres de cabelos longos e homens de cabelos super curtos sempre" (o que eu acho uma grande bobagem...), mas aos poucos os conceitos estão mudando e nem por isso, eles deixam de ter seu charme, serem lindos e darem uma cara nova depois de algum tempo usando o mesmo look! Valorizam os traços de qualquer mulher, basta encontrar o corte certo para o seu tipo de rosto, e ainda realçam outras partes que nem sempre são notadas, como o pescoço e o colo (independente de estar ou não usando decote).

Enfim, depois de todas essas dicas, escolham os melhores cortes, acionem o arsenal de cuidados em casa, agendem aquela visitinha mensal ao cabeleireiro e fiquem lindas pelas ruas com o seu mais novo e prático look!

Até a próxima e um beijo,

Fab

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Dicas para boas compras em promoções!

Finalmente estou de volta das férias aqui do blog, rs, aproveitei o natal e ano novo para pensar várias idéias para cá e a maior parte do mês de janeiro para descansar!
Hoje aproveito para falar de promoções, considerando que nesse mês sempre temos ótimas ofertas em quase todas as lojas (principalmente grandes magazines), com muitas peças que não foram vendidas no final do ano, e que são oferecidas com descontos de até 60%! Eu sei que é difícil resistir a tentação de levar a loja toda, mas, calma, com essas 3 simples dicas abaixo você com certeza fará ótimas compras e ainda economizará para outras coisas tão divertidas quanto! Confira:


1 - Compre só o que REALMENTE precisa!

Veja e reveja seu guarda roupa quantas vezes for preciso antes de sair de casa e evite repetições e compras desnecessárias! Do que adianta levar aquele vestido de paetês que você não vai usar muito porque quase nunca tem uma festa social para ir, só porque estava num preço incrível, ou ainda ser uma pessoa que tem vida noturna e social ativa, e se perder no "mar de ofertas da seção de camisetas básicas e lisas"? Isso é dinheiro desperdiçado a longo prazo, e arrependimento certo. 
Para evitar esse tipo de situação, pense  sinceramente nos lugares e atividades que costuma frequentar para assim poder fazer uma listinha das coisas que você realmente aproveitará por muito tempo!

2 - Pense (sinceramente!) no quanto PODE gastar!

Não adianta nada tudo estar em promoção, se você não conseguir respeitar o limite que estiver realmente disponível para aquelas compras! Lembre-se, as grandes promoções são passageiras, e só acontecerão algumas vezes no ano, porém seu aluguel ou sua conta de luz, por exemplo, não deixarão de vir, sendo assim, pense num valor que a longo prazo não comprometerá seu orçamento, principalmente se for parcelar no cartão de crédito ou da própria loja. Verifique se as taxas e condições de parcelamento valem a pena se somadas ao valor final das compras, vá anotando os preços das peças que escolher e antes de levá-las ao caixa, faça os cálculos. Não precisa ter vergonha, afinal, quem depois pagará as despesas será você, certo?
Outra dica: Se for possível, prefira juntar o dinheiro por algum tempo até ter um valor suficiente para as compras e espere as datas das promoções, pois compras a vista sempre valem mais a pena se pensar pelos descontos que pode conseguir (Não tenha receios, peça e você pode se surpreender!).



3 - Faça as compras quando estiver com TEMPO LIVRE!

Sim, pois além de ser terapêutico,  rs, é o tipo de atividade da qual temos que analisar bastante antes de tomar a decisão certa, e para isso precisará de algum tempo do seu dia!
Experimente quantas vezes forem necessárias, ande bastante, observe peça por peça bem de perto para ver a qualidade do tecido e das costuras, verifique se não há defeitos (coisa muito comum em peças de promoção), manchas ou esgarçamento (no caso de malhas e tecidos elásticos em geral), etc. Além do mais, segure a ansiedade ao ver aquela peça perfeita e que ficou super bem em você e que nem sempre estará necessariamente na seção de promoções, vamos ser sinceros, rs, pois as vezes pode-se encontrar uma peça similar ou até mesmo muito melhor em outra loja, e ainda por cima com um preço vantajoso e uma qualidade superior!
Por fim, pense também nas coisas que realmente caem bem em você e seu tipo físico, nem tudo que é tendência é pensado para todas as pessoas, infelizmente, então, não adianta comprar aquela camisa que te desvaloriza só porque todos estão usando! Observe todas as tendências, pegue idéias de outras épocas mas que de alguma maneira você se identifica e misture um pouco dali, um pouco de novidade e crie seu próprio estilo com o que tem disponível nas lojas, no tamanho certo e nos preços que pode pagar! Customize, transforme uma peça básica naquela roupa super original que ninguém terá igual, ou simplesmente inove no seu look, nada que um pouco de bom senso e criatividade não ajudem!

Espero que tenham gostado das dicas, e que em 2013 vocês façam compras incríveis gastando apenas o necessário ( e eu também, claro! rs)!

Um beijo,

Fab