segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Etc - Sobre o fim da revista Gloss

Hoje, após 2 meses afastada do meu cantinho, soterrada pelas necessidades, obrigações, prazeres e preguiças da vida cotidiana, retornei ao meu lugar para comentar uma notícia que me chateou demais: O fim da revista Gloss.

Sim meus caros leitores e visitantes, foi um choque ler as notícias e ver que a revista que me acompanhou do fim da adolescência ao ingresso a vida de "jovem adulta" está se esvaindo no tempo como água que corre nos dedos.

Quantas coisas aprendi numa publicação que tinha (quase) todas as dicas que uma mulher meio menina, uma pós adolescente meio adulta, que está entre trabalhar e começar a condensar o caminho para uma carreira no mercado de trabalho! Toques e conselhos sobre amor, sexo, como gerir suas finanças, seu futuro e presente profissional, matérias com pessoas (na maioria das vezes) legais e interessantes, editoriais lindíssimos de moda, guia de produtos de beleza, as melhores roupas por um preço aceitável, dicas de make, um pouco de várias novidades da cultura pop, temas polêmicos (alguns), caras gatos sem camisa (muitos!) abrindo seus corações e sorrisos, rs, e mais uma infinidade de coisas que agora nem consigo me lembrar assim, "de cabeça".



Infelizmente nos últimos meses, acabei me descuidando e com as maravilhas do android, passei a ler a revista digitalmente, mas desde a número 10, com Paola Oliveira na capa, foram mais de 50 edições que fizeram meus meses muito mais divertidos, e hoje posso dizer que tenho o prazer de ainda ter várias dessas edições (52 exemplares, exatamente), para reler, recortar imagens incríveis que compuseram várias colagens que fiz, ver o quanto aprendi e me atualizei ao ler avidamente cada página e matar as saudades!

Cada vez que algo de que gostamos muito e que existe em nossas vidas há muito tempo acaba, é como se um pedacinho da gente fosse embora para nunca mais voltar, como aquele amor antigo que não pode mais ser, mas do qual nunca se perde o carinho e as boas lembranças.

Calma gente, antes que pensem que eu pirei ao me verem falando assim de algumas páginas impressas, entendam, as coisas que nos acompanham por longos períodos deixam marcas. Eu leio a Gloss desde os 17 anos, quando ainda era só uma menina cheia de sonhos, em dúvida se ia ser designer ou professora de inglês! É assim que me sinto em relação a essa publicação da editora Abril (Que também está tirando da tv aberta a MTV, um dos últimos espaços dedicados a conteúdo e música de qualidade - na maior parte do tempo - num país aonde a tv é tão carente de variedade e inovação na programação! Outra grande perda que estou sentindo demais, mas deixo para falar em outra hora...), essa revista que era um espaço para compreender e divertir qualquer garota moderna e antenada nas novidades, de norte a sul do país.


Deixo aqui minha singela e sincera homenagem para a revista que foi como uma grande amiga até aqui. Obrigada por tudo Gloss!

Com carinho,

Fabiana Falcão
Designer Gráfica e eterna amante da moda.


*Para ler ouvindo:Alanis Morisette - Hand In My Pocket

sábado, 1 de junho de 2013

Beleza - O que vai na minha necessaire, um kit de primeiros socorros feminino.

Muitas vezes queremos organizar em nossas bolsas um simples "kit de primeiros socorros" feminino, mas nem sempre sabemos por onde começar; ou colocamos coisas demais, ou coisas de menos, e nos momentos em que mais precisamos, nos vemos confusas e sem coisas básicas que muitas vezes só damos valor na hora que sentimos falta. Nesse post pretendo organizar alguns produtos básicos e acessíveis, muitos deles até testados e aprovados por mim mesma, que inclusive uso até hoje.



Pra começar, pense que num mesmo dia podemos ter várias situações inesperadas como uma festa ou qualquer outro evento social irrecusável que surja em cima na hora, aquele dia ultra calorento que te faz transpirar litros ou até mesmo aquela TPM da qual você acaba chorando e borrando a maquiagem (Pode soar piegas ou nababesco, mas isso pode e com certeza já te aconteceu, é normal, acontece com todas nós ;D), enfim, são várias as situações que fazem uma mulher precisar de maquiagem e outros detalhes para manter a aparência com tudo, por isso vamos aos ítens tão esperados!

Primeira parte - Acessórios básicos

Pinceís de maquiagem
Um de blush, pó compacto, base, um para sombra e talvez um labial são mais do que suficientes.

Espelhinho de bolsa
Básico e eterno. <3

Algodão, cotonetes, lencinhos de papel e band-aids
Santos companheiros de ajuste em maquiagens, bolhas nos pés, pequenos cortes, brilho na pele, situações tensas em banheiros públicos e até mesmo pequenas manchas em roupas!

Lixa de unhas e pinças para sobrancelhas
Não preciso nem explicar, quem nunca se pegou com uma unha quebrada ou um incomodo fiozinho falhado na sobrancelha que atire a primeira pedra! rs



Removedores, de esmalte e maquiagem
Acredite, esmaltes dão um jeito de lascarem e maquiagens de borrarem nos piores momentos possíveis, não duvide disso! Esses produtos são suas chances de recomeçar a qualquer momento do dia, mantendo um mínimo de saúde e decência para sua pele e unhas.

Creme hidratante a base de leite ou aveia
São ótimos para dar aquela hidratada nas mãos e cotovelos mas com rápida absorção, principalmente para quem trabalha no ar condicionado. Uma marca que recomendo e uso há anos é a Nívea, aquele da garrafinha azul. Se não quiser levar tudo, arrume um pote pequeno e limpo para colocar um pouco do seu creme, fica prático e fácil de guardar sem pesar e ocupar espaço!



Álcool em gel
Germes e bactérias estão em TODOS os lugares então não custa nada se proteger! Um daqueles tamanho mini, feito para mãos (que geralmente são perfumados e feitos numa dosagem de álcool para não ressecarem a pele), são perfeitos. Uma gotinha do tamanho de uma moeda de 10 centavos é suficiente, e fará com que seu vidrinho dure por muito tempo!

Desodorante, mini pasta de dentes e escova de dentes
Sem maiores explicações. Eu, você e todo mundo gosta de gente limpa e cheirosa, certo?


Mini escova de cabelo/pente, elásticos e grampinhos estilo "Teimosão"
Um cabelo que se preze sempre dará um jeito de se auto-desarrumar! E quanto aos grampinhos, são aqueles de metal que nove entre dez bailarinas usam para segurar o coque! Não os despreze, e procure sempre tê-los da cor do seu cabelo, eles podem salvar em vários momentos...


Segunda parte - Os produtos essenciais

Lipbalm
Ou como mais comumente conhecemos, manteiga de cacau ou ainda hidratante labial. São transparentes e essenciais o ano todo. Minha marca favorita é o da Nívea (Olha ela ai de novo!), já usei vários tipos da linha, mas meus favoritos são o verdinho, "Med Care", e o azulzinho, o "Lip Care", são sem cheiro e sem sabor, tem ótima aderência no lábio e não atrapalham em nada o uso de batom por cima. O primeiro inclusive é ideal para pessoas que tem tendência a ter lábios rachados permanentemente, como eu.



Duas cores de batons diferentes
Claro, essa escolha será 100% ao seu critério, de acordo com seu estilo, mas tenha sempre em mente que um deva ser de uma cor super básica, só para dar um viço aos lábios, como tons coloridos claros ou o clássico "cor de boca", e um de uma tonalidade minimamente mais forte, principalmente para a noite. Particularmente eu amo tons de rosas e vermelhos, não economizo na intensidade, rs, mas também gosto de alguns nudes para dias em que estou mais básica. Minhas marcas favoritas são Vult, MAC, Avon, Natura e Dior, todas essas tem cobertura macia e fixação duradoura.

Gloss
Se quer apenas um leve toque de brilho nos lábios, essa é melhor opção, desde o transparente aos coloridos, mas não se esqueça de um pouquinho de lipbalm por baixo, pois o gloss não tem na maioria das vezes a função hidratante. O da Avon, em roll on, um clássico, ganha em disparado.



Corretivo e pó compacto
Básico do básico, uma base também seria ideal, mas algumas vezes corrigir pequenos detalhes e dar um toque uniforme a pele sem pesar são mais do que suficientes.

Rímel preto e transparente
Sim, os dois, o preto para noite e o transparente para o dia. Não que não concorde com rímel preto de dia, adoro, porém estou em busca de um a prova d´água que não borre com facilidade, por isso muitas vezes acabo preferindo o transparente.

Duo de sombras marrom e preto ou azul e verde claro
Básico, define e levanta um olhar, simples assim!

Blush
Um tom de acordo com a sua pele, mas que não seja forte demais, vai bem em todos os horários e situações, pegue leve de dia e pode pesar um pouco mais a noite! Gosto dos da Avon, Victoria Secrets e MAC.

Perfume roller ball ou tamanho mini
Existem de várias marcas e tipos, inclusive sólidos, em forma de pasta. Se quiser levar o que já tem em casa, tente arrumar um pequeno frasco plástico com tampa borrifadora para levar a quantidade ideal para bolsa. Se preferir, procure se a sua marca favorita já não os vende em versão mini. Na fila do caixa da Sephora costumam ter vários, além os da linha própria, que são deliciosos e mais em conta que as marcas famosas (geralmente).



Primer/BB cream
O milagre fixador, principalmente para dias quentes e peles oleosas/mistas (como a minha!). Se quiser, também substitua este e o corretivo por um BB cream antes do pó compacto e seja feliz para sempre, com a maquiagem durando por mais tempo!

Enfim, sei que parecem ser muitas coisas, e para algumas pessoas inicialmente podem ser mesmo, porém, nada que o tempo e uma boa necessaire grande não acomodem! Acredite, as necessidades surgem quando menos esperamos, e estarmos prevenidas nos faz ganhar tempo e ainda poder ajudar outras pessoas em situações desse gênero, principalmente se passamos muito tempo fora de casa, etc.

Espero que essas dicas tenham ajudado!

Beijos

Fab

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Cabelos Cacheados: Manual da Usuária

Eu sou cacheada desde criança, aquele cachinho bem fechado, mas do tipo que se desfaz facilmente depois de uma noite deitada no travesseiro. Passei boa parte da vida sofrendo vários preconceitos e não tendo as dicas certas para cuidar bem, e sei que não fui a única a passar por isso. Nesse processo, nós acabamos perdendo um bom tempo usando-os presos, testando produtos que nem sempre dão certo e não os tratando da forma 100% correta, além de acabar valorizando mais intervenções químicas, como o alisamento.

Eu ainda acho cabelos lisos lindos, e tenho grande vontade de alisá-los novamente, porém são procedimentos caros e que em muitos casos nunca duram tanto tempo como foram prometidos, e isso é decepcionante, como se fosse uma Cinderela no final do baile virando abóbora, rs. Tenho quase certeza que um dia vou voltar a ter cabelos lisos, de um jeito ou de outro, até porque sou geminiana e adoro mudar de visual sempre, mas nesse momento  vou aproveitar para compartilhar com vocês teorias que desenvolvi na prática, testando em mim mesma; vamos ver dicas fáceis para cuidarmos melhor e com muito carinho de nossos cachos!

Passo 1 - Entendendo a estrutura do fio


O cabelo cacheado é um tipo de fio que é naturalmente propenso a ser poroso e quebrar com facilidade pois para sustentar as curvas, tem de ser grosso, e isso faz com que ele seja mais sensível a intervenções externas como químicas, produtos de tratamento e cuidados permanentes além de objetos simples do dia a dia como pentes e escovas (que inicialmente parecem inofensivos, mas vamos entender o porque não são mais a frente), pois suas escamas se abrem com mais facilidade. Além de tudo tende a ser mais oleoso na raiz e seco nas pontas pois a oleosidade natural do couro cabeludo (sim, temos uma oleosidade natural para, em tese, manter o cabelo saudável, mas com a ação conjunta de outros produtos e hábitos do dia a dia, isso pode aumentar e gerar probleminhas tão incômodos porém comuns como caspa, por ex.) não consegue "descer" pelos cachos até as pontas, por isso precisamos ter tantos cuidados ao escolher e usar produtos, mesmo os que são adequados para nosso tipo de cabelo.






Passo 2 - Lavando corretamente!

Chegamos numa hora importante e controversa para muitas pessoas, a lavagem. Tem gente que lava demais, de menos, e acaba sempre com cabelos mal tratados, e a resposta nesse caso é uma só: cabelos cacheados NUNCA devem ser lavados mais do que 2 vezes por SEMANA (três no máximo, se estiver aquele verão de 40 graus! rs), e mesmo assim deve haver um espaço de tempo entre uma e outra. Porque? Por que ao lavar você retira a proteção natural para que ele se abra a uma nova química que vai agir e (supostamente) trazer efeitos e melhorias. Se fizer isso mais do que 2 ou 3 vezes, não dará tempo para que os princípios ativos de cada uma ajam corretamente a longo prazo (como hidratações, por ex.), o cabelo não reterá os nutrientes necessários, ficará com as escamas abertas e provavelmente ressecará, ficando fraco ou até mesmo caindo.







A primeira coisa que você deve ter em mente durante todo o ano é: Não vou usar água quente em hipótese alguma, mesmo que esteja aquele frio de cortar! rs, Estou rindo mas é sério, você NÃO PODE FAZER ESSE ATENTADO CAPILAR CONTRA SI MESMA! Nesse post aqui, falei sobre como fazer uma boa hidratação independente do tipo de cabelo, e a regra é clara, a água quente abre demais as escamas, agride, não faz bem a ninguém, isso vai acabar com os seus cabelos, ainda mais sendo cacheados. O correto é água morna para abrir as escamas na hora de receber shampoo e máscara hidratante, depois água quase fria para retirar os dois produtos e por fim aplicar o condicionador que fecha as escamas e dá o toque macio que você precisa pré creme de pentear. E não adianta ter preguiça, ao lavar, HIDRATAÇÃO SEMPRE! O cacho para se manter firme e bonito, de toque macio e aparência brilhosa e com o menos de Frizz possível precisa estar sempre hidratado na medida certa, isso é, sem pesar, o que gera oleosidade.

Passo 3 - Secando e mantendo bonito

Depois de lavar, nada melhor do que ver os cachos arrumados e definidos, não é mesmo? Para obter esse resultado, comece a prestar atenção na forma como os seca ainda com a toalha. Nada de esfregar como se estivesse tirando gordura do fogão, isso é o seu cabelo lindo e maravilhoso que vai emoldurar seu rosto, rs, o segredo é secar com delicadeza, massageando, mas tirando toda a água, sem torcer ou fazer aquele clássico "turbante" de toalha. O importante aqui é deixá-lo molhado porém sem excesso de água, aquela coisa pingando, se precisar usar mais de uma toalha, não hesite, comece de baixo para cima, em direção a raiz. Depois, aplique o creme de pentear ou leave-in em cada mecha, enluvando (isso é, passando com as duas mãos por cima e por baixo, como quem veste uma luva mesmo, dai vem o termo). Ajeite o penteado como quiser inicialmente com as mãos, mas nada de prender (cabelo molhado preso quebra, fica fraco e pode até apodrecer se você fizer isso todos os dias por muito tempo), se achar que algum fio ficou para cima, junto demais ou de alguma forma mal arrumado, use um pente de dentes largos para ajeitar a parte em questão. Passe o reparador de pontas e um pouquinho de silicone na parte de cima se quiser, para abaixar os futuros fiozinhos que podem vir a ficar ao secar, se quiser acelerar esse processo, use um secador com difusor ou a mais ou menos 3 dedos de distância do cabelo, sempre o "amassando" de baixo para cima com as mãos. Claro que não se deve usar secador todas as vezes, mas no inverno, em situações de pressa ou ainda se arrumando para festas e afins, está liberado! ;)

Por fim, cuidem bem de seus cabelos e se quiserem mandar dicas, acessem o Facebook!

Beijo

Fab

terça-feira, 14 de maio de 2013

Etc - Mini e micro weddings, a nova tendência para casamentos!


Quem não gosta de uma festa, e principalmente de celebrar o amor? Hoje aproveito para falar sobre as duas tendências “primas-irmãs” do momento em matéria de casamentos, o mini e (sua versão ainda mais compacta) micro wedding (que nada mais é do que a palavra casamento em inglês).

(Sim, eu vou me casar de All-Star um dia!)


Para entender melhor, ambos os nomes são sinônimos de festas mais intimistas, para poucos e bons convidados, amigos chegados e familiares do casal. Também é o tipo de festa econômica, que dá licença a um tom único e original, com objetos especiais que tenham uma história, os simbolizem juntos, como um abajur ou móvel especial, fotos espalhadas, lembrancinhas e arranjos de mesa mais artesanais, etc.

Caso a festa não se dê de modo tão econômico (o que também é totalmente possível), tende a ser uma ocasião da qual os noivos poderão dar verdadeiramente atenção a todos os convidados, com calma, num clima divertido e tranquilo, sem a clássica pressão de supervisionar a festa inteira e acabar assim não tendo tempo para curtir tudo aquilo que se esmeraram tanto para pagar, escolher e arrumar, de músicas a buffet, passando pela decoração e até mesmo as fotos, que podem muitas vezes acabariam sendo feitas com pressa para que dê tempo para tudo.

Não critico as cerimônias e celebrações de grande porte, essas também são lindas e super divertidas se bem feitas e organizadas, porém podem dar até mais trabalho nesse processo, além de serem um grande investimento que muitos casais não podem/não estão dispostos a arcar; Sendo assim, não se preocupe pois agora que já sabe o princípio de um mini/micro wedding, vamos as dicas e diferenças entre cada um para que possa entender e fazer a melhor escolha!



Mini Wedding





Um casamento para cerca de 70 a 100 convidados, num espaço de tamanho médio (para que não pareça vazio demais), onde pode se levar um juiz de paz/representante da sua religião ou os dois para a celebração, e logo após, dar inicio a festa o que é prático e faz o tempo da festa render muito mais! O buffet pode ser self-service ou com garçons, num menu clássico de antepastos, jantar e sobremesa ou apenas snacks, dos mais clássicos (como canapés, geleia de damasco com queijo brie, carpacio) aos mais modernos, passando até por coisas deliciosamente simples como salgadinhos mesmo (sim, eu estou falando de mini coxinha, kibe e rissole, como nas festinhas de criança, vai dizer que você não adora? Eu AMO! rs). A música pode ser ao vivo ou com DJ, a decoração pode ser feita pelo próprio casal, ou por equipes que já tenham um material pronto. Se não fizer questão de muitos detalhes, opte sempre por flores frescas e de diversos tipos, porém numa carta de cores que “casem” entre si (exemplo, mesclar vários tons de rosa com flores brancas), dará um toque fresco e de bom gosto ao ambiente, além de ocupar espaço de forma suficiente a dar impressão de “casa cheia”. O segredo nesse caso é posiciona-las estrategicamente em grandes porções nos cantos do espaço, além de espalhar pequenos arranjos pelas mesas, e essas deverão estar posicionadas numa distância suficiente para que as pessoas circulem confortavelmente mas reservando espaço para a pista de dança.
Restaurantes e salões de médio porte podem ser ótimas opções de espaço, e no primeiro caso você contará com a praticidade de não ter que pensar tanto nas opções de um buffet completo, podendo escolher as opções da casa. Por fim e não menos importante, a mesa de doces e bolo pode receber um belo exemplar de um Naked Cake e docinhos não caramelados, ou a mesa tradicional, com bolo e docinhos confeitados.





Micro Wedding



Nesse caso, a idéia é uma festa ainda mais low-profile e descontraída, pensada para um número médio de 15 a 65 convidados, em muitos casos pode ser realizada em um apartamento grande, uma pousada, um jardim ou um restaurante que tenha área fechada para festas ou que aceite fechar para eventos privados em determinados dias e horários. As dicas para decoração e disposição do espaço, ainda estão valendo como descrito acima, e no caso do jardim, as flores dispostas em belos vasos grandes que possam ir ao chão, ajudariam a delimitar o espaço da festa. Quanto ao buffet, se ultrapassar a marca de 40 convidados, vale a pena contratar garçons ou uma pequena equipe de apoio para ajudar a organizar uma possível fila no self-service (principalmente no caso de um jantar), mas se o número de convidados for inferior a esse, a melhor opção é usar uma mesa bonita, bem arrumada e enorme para dispor as comidas e bebidas (com apenas algum responsável por reabastecer os pratos/snacks/bebidas quando estiverem acabando) e deixá-los a vontade para se servirem. Os doces e bolo podem ficar a parte, e se quiser dar alguma lembrancinha como bem casados ou algo parecido, pode-se colocar no mesmo espaço ou pedir para alguém de sua confiança (e que aguente a tentação de não abrir unzinho antes do fim da festa, rs) para distribui-los na saída, até porque no final de uma festa que tenha sido realmente divertida muitas vezes ficamos tão cansados que conseguimos até esquecer de pegar uma lembrança tão doce, rs. Se não quiser investir num DJ, vale a pena conseguir um bom aparelho de som ou muitas caixas de boa qualidade e fazer sets (isso é, sequências de músicas sem pausas, como tocam nas festas em geral) você mesma no seu computador, existem vários programas fáceis e grátis para isso, como o Audacity por exemplo. Grave num CD pen drive e deixe o som rolando até o final (mas se passar das 22:30 não se esqueça de abaixar um pouco, principalmente se estiver no apartamento! Avisar aos vizinhos do acontecimento e oferecer no dia seguinte doces ou bem casados como forma de agradecimento por aceitar o evento no prédio é uma ótima forma de se mostrar gentil e cordial, além de -possivelmente- conquistar a simpatia das pessoas para uma próxima festa! ;D)!




quinta-feira, 9 de maio de 2013

Beleza - Dicas de limpeza e review de sabonetes faciais para peles mistas ou oleosas


Hoje trago algumas dicas sobre limpeza facial diária, além de minhas impressões sobre três produtos que já usei em épocas diferentes por ao menos de 4 a 6 meses, cada um. Nossa pele é um dos nossos cartões de visita, então não custa nada dar uma pesquisada antes de comprar/usar um produto que será essencial no seu dia a dia, certo? ;)

Primeiramente, é importante salientar o quanto a simples higiene da pele mista ou oleosa (e que geralmente nesses casos tende a ser acneica) é tão importante. Não basta simplesmente jogar uma quantidade aleatória de produto no rosto e depois encharcar de água e achar que está tudo resolvido, é preciso muito mais, mas são coisas simples que você pode fazer rapidamente, trazendo benefícios e resultados aparentes!

Observe que a embalagem é grande para durar mais, sendo assim, não é preciso usar muito produto, por mais oleosa que sua pele esteja naquele momento. Usando uma quantidade equivalente a uma moeda de 10 centavos, você fará uma ótima limpeza e o frasco durará por até 5 meses (em média), até porque geralmente não se recomenda o uso por mais de duas vezes ao dia (dito pela maioria dos dermatologistas em todo mundo), assim evitando o ressecamento, que faz tão mal quanto poros entupidos.

Depois, basta espalhar bem em todo o rosto fazendo movimentos circulares, e lembre-se, nem todo produto tem composição química para fazer espuma, então não pense que sua pele está menos limpa por isso, o que realmente a fará limpa será a ação do mesmo em cada poro. O ponto para saber se aquele sabonete é o ideal para você é sentir se sua pele está com o toque seco, porém macia, talvez até com uma sensação de frescor (dependendo da composição). As vezes sentir um leve repuxamento pode ser normal, mas tudo isso é relativo, não sou dermatologista, apenas relato coisas que inclusive já ocorreram comigo, então, consulte SEMPRE o seu dermato, e lembre-se: Cada caso é um caso.

Minha pele é mista, isso é, oleosa na testa, nariz e queixo, e normal nas bochechas. Por isso, uso sempre produtos refrescantes e oil free, em gel ou loção, nada de cremes, só em casos específicos, como protetores solares para meu tipo de pele. Nos três casos abaixo, os usei entre 2010 e 2012, atualmente continuo com o L´Oreal Pure Zone, que é meu favorito e logo vocês entenderão o porque! Vamos aos reviews:

Caso 1 - Neutrogena Deep Clean Acne Wash


Com textura viscosa e cor de âmbar, tem um aroma agradável, porém sentia minha pele com um toque levemente oleoso quando a secava, parecia que por mais que enxaguasse o produto, ele deixava resíduos. Era uma sensação incômoda, além de tudo, não senti grande redução das espinhas e cravos. Nota 5,6









Caso 2 - Clean and Clear Sabonete e Adstringente Limpeza Profunda - Johnson & Johnson

Nesse caso, comprei casualmente os dois produtos numa promoção casada, então os experimentei simultaneamente desde o primeiro uso. Também de textura viscosa, cor de rosa claro e um aroma fresco, espalha bem e deixa um toque macio na pele, porém sentia em alguns momentos que era uma solução mais trivial pois poucos minutos depois de usá-lo sentia a oleosidade voltando a pele na menor transpiração. Minhas espinhas ficaram razoavelmente controladas fora da época de TPM ou de grandes períodos de calor (isso é calor = transpiração em excesso = poros entupidos), mas os cravos persistiram (Nessa mesma marca existe uma linha anti-cravos mas que ainda não tive a oportunidade de experimentar, pretendo em breve, assim como a linha "Morning Energy"). Já o adstringente é um pouco "ardido" num primeiro toque, mas tem um aroma doce e leve, e cumpre o que promete, principalmente na hora de ajudar a remover pequenos resíduos de maquiagem que ficam a volta dos olhos mesmo depois do removedor e da limpeza inicial. Nota 7

Caso 3 - L´Oreal Pure Zone (Passo 1)


Tchan-tchan-tchan-tchaan, agora é a hora da estrela! Textura meio viscosa, meio líquida, cor azul claro, aroma refrescante, próximo a menta ou algo do gênero, esse é na minha opinião o melhor sabonete líquido facial para peles mistas e oleosas (não, a L´Oreal não me pagou para isso, é espontâneo, rs), limpa profundamente, dando um toque refrescante após o enxágue, não deixa a pele seca e segura bem a oleosidade por algum tempo (segurar completamente só com vários outros produtos, vale lembrar). De preço acessível e fácil de achar (assim como os outros acima), é uma ótima escolha para quem procura uma opção próxima as fórmulas de marcas especializadas (Vichy, Cetaphil, La Roche Posay, etc), não substituí completamente a visita a um dermato, e nem anula a eficácia das outras marcas mais específicas do segmento dermatológico, mas ajuda muito, principalmente para acne graus 1 e 2 (isso é, as mais leves). Nota 10


Enfim, cada um vai achar para si mesmo o que é melhor, o que cai bem para sua pele e etc, mas nada que umas dicas não possam otimizar, se quiserem mandar opiniões, comentem por aqui ou no Facebook!

Beijos,


Fab

terça-feira, 23 de abril de 2013

Etc - Pecado fashion: Todo mundo tem o seu!


Hoje, após um break de um mês e meio devido a compromissos pessoais de trabalho e estudos, venho matar as saudades de fazer o que mais gosto, que é blogar para vocês, e vou aproveitar para falar sobre um tema que muita gente não gosta de tocar mas acho necessário, como um exorcismo de uma "alto-culpa" que as vezes carregamos dentro de nós: o pecado fashion.

Sim, TODO MUNDO GOSTA DE USAR UMA COISA QUE TEM VERGONHA. Todos, sem exceção, me incluo nesse grupo, e inclusive aproveito também para confessar uma notícia bombástica (que rufem os tambores! rs): EU GOSTO DE CROCS E CALÇA SARUEL DE MALHA! Ta-dããã, pronto, podem me jogar tomates agora, pra muita gente a partir dessa linha, não serei mais considerada tão fashion assim! Hahaha

(Meu modelo favorito!)


O ponto aonde quero chegar é: Você pode se vestir como quiser, até sustentando um estilo excêntrico ou cafona para a maioria. Tem coisas que abomino publicamente, como sandália papete, chapéu australiano (que nem aqueles que a Eliana usava nos anos 90, com a abinha da frente dobrada, rs), pochete, calça de tactel, moleton com a barra bufante (principalmente calças, argh!) e camisa regata masculina, mas isso não quer dizer que o outro não possa usar. O fato de não gostar de uma coisa, não quer dizer que todos tenham que ser como eu supostamente "gostaria", isso é ter uma visão bitolada das pessoas, colocando-as em caixas. Vivemos num mundo cheio de opressão, em vários sentidos, então poder nos expressar por meio das roupas, cabelo e estilo, é uma dádiva, é como se apresentar ao mundo sem dizer uma palavra.

(O que eu disse? Olha ai! rs)


Não importa se você gosta de mocassim marrom de "camurça" com missanguinhas, aquele da Mr. Cat (outro clássico dos anos 90 que fez muito sucesso, lembra?) até hoje, ou se guarda aquela mochila jeans velha do Cantão e usa de vez em quando, assim como o moletom largão do Hard Rock Café (aquele que a sua tia trouxe da viagem e você fingiu que não ligou muito, mas que não passa um dia de frio sem usar, rs), a bandana com motivos tribais ou a corrente de prender na calça, dentre tantas outras coisas que já foram moda um dia, em algum tempo no universo, rs. O que importa é você saber usar qualquer coisa que gosta mas assumindo as consequências de ser original nesse mundo que acabei de descrever, sem se incomodar genuinamente com o que vão dizer de você, muitas vezes rindo na sua cara inclusive.


(Atire a primeira pedra quem não teve ou ao menos queria ter na época!)


Os grandes pensadores e ditadores de tendências na moda, se esqueceram que o que hoje é brega, foi criado por alguém e um dia foi bem aceito, objeto de desejo e fator definitivo para dizer quem é fashion e quem não é. No fundo, na minha humilde opinião isso tudo não passa de uma grande babaquice, inventada por essas pessoas que se acham deuses no olimpo da moda, e que tem um bando de seguidores histéricos prontos para um comportamento de repetição, afim de se sentirem inclusos no "seleto clubinho". Claro que todos nós, humanos que somos, temos a necessidade de nos sentirmos inclusos como membros de algum ciclo social, um grupo do qual nos identificamos, mas nada paga o preço de ser original todos os dias, assumindo o que gosta e o que não gosta, inclusive na hora de se vestir, assim atraindo quem realmente gostar de você pelo o que você É (e a roupa que você finalmente se permitiu escolher honestamente define quem você é, independente de preços e etiquetas).

(Tia Cyndi, ultra estilosa e diva, não dando a mínima desde 1980 para você que é chato e fashion victim!)

Eis aqui um apelo sincero de uma devota e curiosa da moda, que ama o fashion e abstrato, mas não passa a maior parte dos dias corriqueiros sem usar a boa e velha combinação de calça jeans e all star. Chique é ter estilo com conforto para batalhar o dia todo trabalhando, estudando, cuidando de sua casa e família, chique é se divertir quando achamos graça ao observar as pessoas, mas com descrição e educação, sem caçoar e magoar o outro; Chique é ser você.

Um beijo,

Fab

segunda-feira, 11 de março de 2013

Tô Por Dentro: Azul Cobalto - A cor que promete no inverno 2013


Tantas cores já foram simbolos de épocas, algumas nunca saem de moda como o "pretinho básico" ou ainda o branco, cinza, etc. Para o inverno, temos uma promessa quente, o azul cobalto, um tom mais vibrante que o royal e mais escuro que o turquesa, por exemplo. Um tom fechado, porém profundo e cheio de luminosidade, mesmo em superfícies foscas.

Vai bem em todos os tipos de roupas e acessórios, até nos cabelos (Lembram do cabelo azul da Katy Perry?) e maquiagem, para os mais ousados e estilosos ao máximo!



Mais uma cor que em muitos casos e por muito tempo, era vulgarmente considerada uma "cor fantasia" ou chamativa demais para roupas sociais, mas nada que o tempo e muita criatividade não possam mudar aos poucos (Se lembram do filme "Sex And The City 1", com o Manolo da Carrie no casamento dela e do Big no cartório?).



Particularmente, adoro o tom e acho que pode ser muito bem aproveitado em várias situações, basta saber usar. Para quebrá-lo um pouco, vai bem com marrom, rosa antigo (aquele meio pálido, sabe?), creme, pérola, verde musgo, preto, cinza escuro, vermelho aberto, vermelho cereja e vinho. Claro, são só sugestões e você pode e DEVE combinar como quiser, mas, de algum modo, experimente uma dessas cores quando precisar de inspiração. ;)

Enfim, por enquanto é só, fiquem ligados nas próximas coleções de inverno de várias lojas, vocês ainda verão muito essa cor, aposto!

Um Beijo

Fab

quinta-feira, 7 de março de 2013

Trend Alert: Kitten Heels - Saltos com estilo e conforto!


Volto hoje para falar um pouco mais sobre uma tendência que está voltando, depois de anos de majestade dos saltos 10cm a 15 cm, são eles, os simpáticos (e ultra confortáveis) Kitten Heels, ou em tradução livre, "saltos de gato". São baixos, no máximo 6 cm, e já estão fazendo a cabeça de muita gente (Inclusive eu, claro!).

Vão bem do dia a noite, do estilo mais casual e despojado ao mais formal, basta saber combinar cores, texturas e estilos com o look daquele momento. Nada melhor do que moda prática, bonita e que tem grandes chances de cair bem a qualquer tipo físico, seja você uma pessoa alta ou baixa ( ou todas as alturas intermediárias, claro, rs).

Para a noite, brilhos e detalhes, para o dia, cores foscas, mas coloridas ou básicas, tanto faz, o que vai mandar nessa decisão será seu estilo.

Aposto que será uma tendência mais forte no inverno, e que talvez seja aproveitada para o próximo verão, mas, ainda é cedo para afirmar completamente, vamos esperar, e enquanto isso, aproveitar para comprar sapatos novos ou reutilizar aqueles saltinhos baixos que estão escondidos no fundo do seu armário e que você achou que nunca mais ia usar, rs. Ou ainda, como eu, começar a perder o medo e usar mais saltos (tenho mais de 1,70)!

Agora é a hora, saiam lindas e poderosas, andando muito por ai!






Um beijo

Fab

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Looks Plus size no Oscar

Todos os anos a cada Oscar, vemos looks lindos, cheios de brilho e bom gosto, mas dentre tantas modelos, cantoras e atrizes de tipo físico "padrão", temos também lindas mulheres plus size em vestidos glamourosos e que as vezes passam despercebidas.

Considerando que também sou plus size, nada melhor do que tirar um tempo para prestar atenção nos looks mais fotografados e separar só os melhores e ideais para mulheres exuberantes!

No primeiro look, Adele como sempre arrasou no pretinho básico, com muitos brilhos que compuseram super bem, e  ainda por cima esbanjando um corpo incrível no pós gravidez! Já Queen Latifa apostou num modelo branco, minimalista e super elegante, com maquiagem discreta e a charmosa bolsinha. Melissa McCarthy, de Mike & Molly (<3), foi muito feliz na escolha de brilhos e na cor cinza, uma escolha pouco usual e muito original, porém pecou um pouco nas mangas longas. Mangas curtas com aplicação de brilho na borda ficariam mais charmosas, mas, nada que estrague sua beleza!


Aqui temos Octavia Spencer com mais um look quase branco, em tom perolado, com make simples e muita classe, num vestido que valorizou muito sua beleza de forma natural. Kelly Osbourne como sempre original, usou um preto nada básico, mas muito ousado, com cintura marcada e amarrações diferentes na região do ombro. O cabelo púrpura e a maquiagem super poderosa reafirmaram a eterna personalidade rocker! Por fim, Catherine Zeta-Jones, com um modelo ultra dourado, com bordados trabalhados e um decote coração que fez toda a diferença na hora de valorizar suas curvas e seu colo. Os maxi brincos fizeram toda a diferença.

De modo geral, todos os looks do red carpet estavam incríveis, cada um ao seu estilo, mas dar uma atenção em especial a um público como o nosso que muitas vezes é esquecido ou apenas criticado nos grandes meios é uma forma de valorizar todos os tipos físicos, sem preconceitos e provar que podemos estar sempre lindas e bem produzidas, basta querer e ter muita criatividade!


Fico por aqui, e espero que tenham muitas inspirações para seus próximos looks de festas!


Um beijo,

Fab

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Tô por dentro: Máscara de Cílios Lancôme Hypnose Star


A novidade do mundo da maquiagem com a "garota-propaganda" mais fofa, fashion e charmosa que existe há mais de 80 anos: Betty Boop, que ainda por cima faz uma propaganda super delicada e original com a top model Daria Werbowy!


Quanto a novidade, se trata da máscara de cílios (vulgo rímel, rs) da Lancôme, a  Hypnose Star! Com a promessa de dar mais volume e curvatura, no estilo clássico Hollywoodiano graças a cera de carnaúba em sua composição, possuí uma escova levemente triangular e mais fina que a base, com muitas cerdas para alcançar até os cantos mais delicados.



Já está disponível por aqui na Sephora, por R$129,00, e lá fora por uma média de US$ 30,00. Corram para garantir a sua!

Um beijo

Fab

Ps: Olhem o vídeo! Amei!

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Etc: Naked Cake, a nova mania em casamentos


Com aparência de bolo caseiro, os naked cakes são tendência em matéria de confeitaria para casamentos e grandes festas com buffet, feitos sem pasta americana ou fondant, mostram melhor o recheio e despertam o paladar!

Famosos nos Estados Unidos e Europa, e chegando nesse último verão, são uma ótima e charmosa escolha para compor todo um clima e cardápio de uma festa que ocorra de dia, num ambiente temático, como praias, jardins ou em sítios no interior, por exemplo.



Para permanecerem firmes e sem desmoronar na hora de partir e conservar um aspecto mais suculento, os bolos a base de massa de pão de ló devem ter no mínimo 3 andares e são recheados com cremes consistentes que levem um toque de baunilha, geleias ou ganache de chocolate puro, cobertos por açúcar de confeiteiro polvilhado. Para decorar, flores naturais e frutas frescas, secas ou em calda, no topo, velas delicadas, pequenos acessórios decorativos e leves e o que mais a imaginação mandar!



Agora é usar a criatividade e escolher o seu!

Um Beijo,


Fab

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Tô por dentro: tendências de make nos próximos desfiles


Desfiles mostram tendências e apostam em novas e velhas formas. São dividos por temporadas, nos próximos veremos as promessas e novidades para a primavera-verão de 2014.

Maquiagem e cabelos compoem os looks do "show" e nada melhor do que observar atentamente os detalhes para ficar por dentro do que vai ser tendência em breve!

Aqui vão algumas dicas da WGSN:

Sombra azul e boca nada



Do verde-água ao azul turquesa, esfumados ou rentes aos olhos, misturados ou em um tom só, com sobrancelhas definidas a lápis, temporas iluminadas e blush pessego, temos enfim o look perfeito para destacar os olhos e brilhar.


Rosa Candy


Com sombra rosa claro marcada ou esfumada e cilios pretos e definidos, pode se adicionar delineador em tons escuros, com traçado grosso ou afinado. Lábios rosados ou nude, um blush suave em tons de pessego rosado ou malva, apenas para marcar as maças do rosto. Enfim um visual suave e neutro que vai bem em qualquer ocasião!


Boca Matte



De volta após uma febre de brilhos, a boca fica marcada com tons de rosa vibrante ao vermelho intenso, olhos neutros apenas com rímel preto e sombras suaves em tons nude e terrosos claros.



Boca marcada e olhos lilás


Misturado com outros tons da mesma família (como roxo e lavanda) ou tons terrosos, não devem aparecer mais do que a boca, que é marcada com tons fortes como pink, uva, marrom, vinho e vermelho escuro, por exemplo. Blush em tons terrosos ou rosados, mas o menos possível, apenas para dar um ar saudável ao rosto.


Aproveitem as dicas e arrasem nos próximos makes!
Um beijo

Fab

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Trend Alert: Sombra rosa!


Nada melhor do que começar o ano com uma tendência graciosa e que pode ficar por muito tempo, a sombra rosa pink! Particularmente adoro esse tom de sombra (Nada de sombra rosa bebê, passou vai, rs) , rosa pink e opaca, mas sem ser fluo.

Mais ou menos "carregada", vai bem do dia a noite, obviamente mais suave durante o dia, mas de qualquer forma, pode ser usada sozinha ou mesclada com outras cores. Tons terrosos ajudam nesse mix, usando a base do olho em rosa, depois um pouco de marrom no concavo e por fim mais um pouquinho de rosa, rente aos cílios, por exemplo. Vai bem também com delineador preto e muito rímel escuro!

Você encontrará suas combinações que mais lhe agradar, mas vale lembrar que é uma cor MUITO chamativa e linda, claro, rs, então, nada melhor do que uma pele bem tratada e lábios hidratados, mas sem necessidade de cores vivas no batom.



Um gloss transparente ou batom cor de boca já fazem um ótimo trabalho, o blush pode ser pêssego, mas bem suave, só para marcar o rosto (se for necessário).

Enfim, espero que essas dicas te façam cada vez mais bonita, aproveite bem essa nova tendência que ainda vai aparecer muito por ai e marcar passarelas em breve (tenho certeza!)





Um beijo

Fab

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Hidratando os cabelos facilmente em casa!


Nada melhor do que cabelos macios e limpos, não é mesmo? Eles brilham naturalmente, ficam com balanço e dá gosto deixá-los soltos, num penteado ou a mostra num lindo corte, mas, afinal, como obter esses resultados todas as semanas do mês, independente de ir ao salão? Fácil! Basta HIDRATAR pelo menos uma vez na semana (Para cabelos cacheados, recomendo duas, a cada 3 dias, em médía) EM CASA!

Dai você me perguntará: "Mas como fazer bem feito?" Basta seguir essas dicas simples:

1 - Escolhendo seus produtos
Para uma boa hidratação, você precisará de um bom creme (daqueles de potes, existem infinitas marcas para todos os gostos e bolsos, eu particularmente uso Pantene a um bom tempo e adoro), e ampolas de hidratação (Pode ser de Vitaminas A, E, Queratina, vai de acordo com a necessidade dos seus cabelos naquele momento. Outra coisa importante é ler no rótulo o princípio ativo do creme, exemplo: não use ampola de Karité num creme que seja ou leve um percentual de manteiga de Karité no mesmo.)! Ah, e uma touca, mas esse é opcional, falaremos logo sobre isso.

2 - Lavando os cabelos

Lave-os sempre com água morna no primeiro e segundo enxágue, antes do creme, isso é muito importante pois, a água quente danifica os cabelos, e a fria fecha as escamas do fio, então a água morna é a ideal pois não agride e as abre de forma suficiente para receber a hidratação.

3 - Enfim, hidratação!

Aqui vem a parte mais importante, aonde você decidirá se prefere fazer algo mais rápido, no banho mesmo, ou levar mais tempo com touca (de alumínio ou plástica, mas com toalha morna dentro!). Vamos analisar os dois casos:

Caso A - No banho:

Enluve mecha a mecha , passando entre os dedos rapidamente, com as porções de creme, se puder, deixe-o para cima e espere o tempo mínimo recomendado pelo fabricante (geralmente de 3 a 5 minutos), mas, se estiver com paciência, continue o banho tomando cuidado para não molhar o cabelo nesse tempo e deixe até 10 minutos, no máximo. Depois enxágue bem e use o condicionador e jogue um jato de agua fria para finalizar (explico isso daqui a pouco).


Caso B - Fora do banho:

Faça o mesmo processo descrito acima sobre a aplicação do creme, porém coloque uma touca de alumínio ou plástica, mas se possível, com uma toalha molhada em água morna envolvendo seu cabelo antes de colocar a mesma. O porque disso? Simples, o calor ajudará a fixar melhor os ativos do creme, em ambos os casos. Alumínio retém calor, e a toalha morna pode ajudar igualmente, na falta da primeira opção. O tempo? Nesse caso, fique de 15 a 30 minutos, dependendo de como seu cabelo esteja (com químicas, danificado, etc), mas geralmente não adianta passar desse tempo pois depois o fio para de absorver os nutrientes e princípios ativos do produto, e então você só estará entupindo os poros do couro cabeludo com oleosidade (o que gera caspas, por exemplo). Depois lave com água morna para fria, ou fria para retirar todo o creme e faça o mesmo processo final sugerido acima.

4 - Porque passar o condicionador depois da hidratação?

Porque poucos sabem, mas o condionador é um finalizador, serve para fechar as escamas do fio, para que assim ele possa reter os nutrientes obtidos no shampoo, porém no processo de hidratação, a última coisa que queremos são fios fechados para receber o produto, certo? Experimente isso na próxima hidratação e depois me conte como seu cabelo ficou mais lindo do que nunca! ;)

5 - Porque usar um jato de água fria após remover o creme e o condicionador?

Porque a água fria resolve e finaliza de fato esse processo de fechamento das escamas do fio, ajudando a dar mais brilho e leveza aos seus cabelos! Ah, e se puder, use água mineral no último enxágue, fará milagres!

6 - Como secar sem agredir os fios?

Use uma toalha seca e macia, seque massageando desde o couro cabeludo até o fim do fio, sem pressa, retirando toda a água. Nada de cabelo pingando, torcê-los ou fazer aquele "turbante" com a toalha, isso só serve para quebrar os fios, deixá-los frágeis e suscetíveis a queda. Depois, passe um protetor anti calor e escolha a secagem final (secador com ou sem chapinha/babyliss), ou ainda use uma mousse ou leave-in, no caso de cabelos cacheados, e escolha se quer deixar secar ao natural ou com o difusor. Também vale silicone para abaixar os fiozinhos mais rebeldes (frizz), principalmente no topo da cabeça, e um bom reparador de pontas! Se ainda for o caso de um cabelo curto com um penteado que precise de fixação, seque como escova ou só jato frio e passe depois a mousse/gel/cera/pomada e o spray fixador.



















Enfim, fico por aqui, espero que você possa colocar em prática essas dicas o mais breve possível! Se quiser, me conta ou manda uma foto pelo FACEBOOK!

Um Beijo,

Fab

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Fazendo sua cabeça com cabelos curtos!


Em camadas, com a franja repicada e assimétrica, com volume no topo da cabeça, liso, alisado, enrolado, cacheado...Ufa, são tantas formas de se descrever um cabelo curto, mas hoje estou aqui para falar um pouco mais sobre cabelos curtos e tipos de fio!

Particularmente falando, sou uma fã dos cabelos curtos, já os usei de várias formas, mas a mais de 7 anos que os uso mais para curtos, desde o "joãozinho" até o "long bob". Uma verdade é que cabelos curtos são sempre pensados para fios lisos, mas existe sim a hipótese de usá-los em fios cacheados e afros, porém por questão de controle do volume, acaba sendo mais fácil usar os mesmos num comprimento médio, pelo menos até abaixo das orelhas, por exemplo.

Cabelos curtos são mais fáceis de serem cuidados, mas precisam receber atenção em alguns detalhes do dia a dia. Por serem mais próximos a cabeça, despenteiam menos, mas quando você acaba de acordar, pode precisar escová-los, passar chapinha ou leave-in/mousse para controlar volume e deixá-los no lugar, por exemplo.

Para mantê-lo bonito, é sempre bom reparar quanto tempo leva para crescer para poder voltar ao salão e manter o corte como no dia em que você fez! Ah, e hidratar toda semana em casa e se possível uma vez ao mes com um profissional fará toda a diferença para a saúde e brilho, porque devido ao comprimento, estão sempre crescendo e se renovando. 

Quando quiser ir a uma ocasião especial, basta ter criatividade e acessórios, como tiaras, presilhas e até mesmo um bom spray fixador para mudar (e sustentar sem desmontar por algumas horas) o visual. Se você for do time das cacheadas/afro, muitas vezes uma escova com chapinha já te deixará com uma cara nova!

(Créditos Fotos: Site Revista Claudia)

Cuidados a parte, é claro que muitas pessoas ficam com questões como "Será que as pessoas vão continuar me achando atraente com cabelos curtos?", e até entendo tal insegurança, devido a vivermos num país aonde (ainda) a cultura da maioria é: "mulheres de cabelos longos e homens de cabelos super curtos sempre" (o que eu acho uma grande bobagem...), mas aos poucos os conceitos estão mudando e nem por isso, eles deixam de ter seu charme, serem lindos e darem uma cara nova depois de algum tempo usando o mesmo look! Valorizam os traços de qualquer mulher, basta encontrar o corte certo para o seu tipo de rosto, e ainda realçam outras partes que nem sempre são notadas, como o pescoço e o colo (independente de estar ou não usando decote).

Enfim, depois de todas essas dicas, escolham os melhores cortes, acionem o arsenal de cuidados em casa, agendem aquela visitinha mensal ao cabeleireiro e fiquem lindas pelas ruas com o seu mais novo e prático look!

Até a próxima e um beijo,

Fab